Congregação de Santa Cruz

Artigos › 02/05/2019

St. André: guiando-nos ao nosso Salvador

O Irmão André Bessette, CSC, o primeiro santo canonizado da Congregação da Santa Cruz, faleceu em 6 de janeiro de 1937. Tradicionalmente celebramos os santos na data de seu nascimento para a vida eterna, mas junto com a Igreja, nós na Santa Cruz celebramos agora St. André em 7 de janeiro.

St Andre Bessette

Sua festa foi transferida para 7 de janeiro porque 6 de janeiro é o décimo segundo dia de Natal, o dia em que tradicionalmente celebramos a Festa da Epifania, comemorando os sábios que seguiram a estrela para homenagear o recém-nascido Cristo Criança. Eles vieram levando-lhe presentes: ouro, simbolizando o poder e a riqueza de um rei; incenso, que dá tributo ao que é santo; e mirra, um perfume para ungir os doentes e os que estão morrendo. 

Explore uma linha do tempo do Br. A vida de André

Que alegria é a Santa Cruz celebrar André, o fundador do Oratório de São José em Montreal, Quebec, ao lado da festa especial da Epifania! Fr. Aparência e comportamento de André estavam longe de ser real, mas em sua humildade e amor à compaixão pelos doentes, ele comandou aqueles que tiveram o privilégio de conhecê-lo com respeito e honra dignos de um rei.

Semelhante aos magos, fr. André, em sua própria jornada de fé, apresentou ao Senhor seus dons especiais. Embora sua pobreza religiosa o impedisse de dar ouro, ele generosamente doou seu próprio tesouro pessoal de profunda fé e cura aos milhares que vieram vê-lo. De muitas maneiras, seu incenso era o sonho e a construção do próprio oratório, um memorial impressionante que honra a santidade de seu amado São José. E finalmente, sua mirra foi o óleo sagrado que ele usou em seu ministério para ungir gentilmente os doentes e enfermos. 

Leia mais reflexões de religiosos da Santa Cruz

Oratório de São José

Hoje, no alto da magnífica cúpula iluminada do Oratório de São José, uma cruz iluminada brilha intensamente, muito parecida com a estrela de Belém, guiando milhões de peregrinos em seu desejo de homenagear nosso Senhor e Rei, bem como a simples homem santo cujos dons trouxeram esperança e cura a muitos. Nós olhamos para a cruz e olhamos para o Ir. André nos ajudará a encontrar nosso Salvador, para que também possamos trazer nossos diversos dons para ele. Em nossa doação, podemos apenas descobrir que nós mesmos recebemos um presente muito maior – aquele presente especial de esperança que somente ele pode dar.

Esta reflexão do Ir. Paul Bednarczyk, CSC, para a Festa de São André Bessette foi adaptado do livro  O Presente da Esperança: Advento e Reflexões de Natal na Santa Cruz Tradição  da Ave Maria Press . Fr. Bednarczyk atualmente serve como vigário geral e primeiro assistente da Congregação.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.